Usina de Letras
Usina de Letras
66 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59662 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3170)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47209)

Humor (19420)

Infantil (4621)

Infanto Juvenil (3937)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138768)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Ainda VOCÊ!!! -- 23/09/2000 - 15:20 (Ana Maria J. Stoppa,) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Vivi, um dia, maravilhas inusitadas,

Senti, um dia, desejos intermináveis,

Sonhei, um dia, trilhar estradas,

Flutuei, um dia, em céus estáveis.



Tive carinho e não percebi,

Tive atenção e até amor,

Tive VOCÊ e não reconheci,

Tive prazer e agora, dor.



Tentei, em vão, regredir os tempos,

Busquei, em vão, o que perdi,

Encontrei, então, milhões de exemplos,

Vi, consciente, o quanto sofri.



Conjuguei verbo, usei palavra,

E nada trouxe VOCÊ prá mim.

Senti convicta, que amando estava,

Um ser sem alma, sem tudo enfim.



Hoje, na dor do desamor,

Sigo rumos que nunca vi,

A minha estada não tem sabor,

Nem alegria está aqui.



Dias virão e despertará.

Manhãs presentes trará ausência

E em noites vazias sonhará,

Em sonhos, certamente, pedirá clemência.



(Do livo não publicado Cacos de Mim)
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui