Usina de Letras
Usina de Letras
54 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59664 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47209)

Humor (19420)

Infantil (4622)

Infanto Juvenil (3938)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138770)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Roteiro_de_Filme_ou_Novela-->O FINAL parte 11 CONVERSA PARTICULAR -- 04/06/2004 - 16:11 (ADÃO JORGE DOS SANTOS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

145_ ADVOGADA - E agora que solução daremos a esta situação. O JUIZ nos ofereceu duas soluções possíveis: a primeira delas trata da simples devolução do beijo que foi roubado. A outra é o pagamento em dinheiro do beijo dado na praça, mesmo que o réu não soubesse disto, ele deu um beijo e este beijo não era de graça. Agora somente vocês dois é que poderão decidir, mais ninguém .
146- Janete - Confesso que não me lembro do dia em que o beijei e nem da festa . Eu devia estar muito bêbada e o que fiz não pode ser levado em conta, bêbados não tem controle de seus atos,não é doutora?
147-ADVOGADA- Não necessariamente. Isto pode ser chamado de uma ação premeditada, visto que a bebida em excesso, altera o comportamento e dificulta o discernimento, propiciando acontecimentos como este do beijo. Você bebeu alem da conta e saiu dando beijos em todos os homens que encontrou pela frente..
148- Janete - Não, que é isto? Se beijei alguém foi somente este ai que resolveu se aproveitar da situação, eu sou uma mulher de respeito.
149-MARCIO – Por favor senhoras, temos que encontrar uma solução para este caso, não quis prejudicar a ninguém, apenas achei que você me reconheceria . Naquele dia quando a vi na praça e você me sorriu e perguntou se eu não queria beijá-la. Ora, não pensei duas vezes, fui ate você e a beijei ardentemente. Só não compreendi quando me agarraram dizendo que estava devendo um beijo e que se não pagasse poderia sofrer serias conseqüências. Graças a Deus consegui escapar ileso. Só agora escutando os relatos é que comecei a compreender tudo e ver a burrada que fizemos. E além do mais vou ter devolver o beijo e ainda pagar por ele? Assim já é demais.
150- Janete - Como assim burrada? Eu é que tive um beijo meu roubado, meus lábios são minha fonte de lucros, é através deles que consigo atrair os homens para fazerem programas. Os beijos são um aperitivo, uma atração que não tem em outro lugar, porque as prostitutas fazem qualquer coisa que relacionada a sexo, menos beijar na boca. Descobri que os homens não querem somente sexo ,querem namorar, querem sedução, querem o que não tem em casa. Qualquer casamento por melhor que seja, com o passar dos anos ele vai se desgastando, o sexo não é mais aquela coisa boa do começo e a relação a dois torna-se uma convivência pacifica ou não. O marido trabalha o dia todo, chega em casa e não tem mais saco para carinhos e beijos na esposa, então me ocorreu esta idéia dos beijos.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui