Usina de Letras
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59533 )

Cartas ( 21249)

Contos (13254)

Cordel (10311)

Crônicas (22246)

Discursos (3167)

Ensaios - (9502)

Erótico (13498)

Frases (47002)

Humor (19366)

Infantil (4542)

Infanto Juvenil (3855)

Letras de Música (5495)

Peça de Teatro (1339)

Poesias (138609)

Redação (3072)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2430)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5613)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Palavras de JK 1958* -- 29/12/2018 - 18:21 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Palavras de JK 1958*





* Não me amedrontou a tarefa de mudar a Capital da República – disse o Presidente Juscelino Kubitschek na sua fala de fim de ano, em 1958. E justifica:



1- Sabia, desde o início, que arrostaria muitas críticas e muitos interesses contrariados, mas também sabia que ao Brasil não era possível deter-se, que a meta da nova Capital constituía uma síntese de todas as outras metas de minha administração.



2- Não se trata de uma ambição faraônica. Os faraós levantaram monumentos fúnebres. Brasília é visão de futuro, é instrumento de integração e desenvolvimento.



3- Brasília não será uma cidade monumental apenas, moderna e exemplarmente funcional. Obra de alguns homens de gênio capazes de projetar e construir, com recursos razoáveis, dará ela alto testemunho de nossa civilização, transformar-se-á na ponte de comando de nossa viagem de conquista ao Oeste brasileiro. Irradiará força criadora para uma das zonas mais abandonadas e desconhecidas de nosso imenso território.



4- Erguendo Brasília, erguemos, ao mesmo tempo, a nossa bandeira sobre regiões de que só tínhamos o domínio nominal.



5- Erguendo Brasília, ocupamos o nosso País, provamos que merecemos esse grave e extraordinário benefício da Providência Divina, a herança de um País novo.



6- Quero dizer-vos que nenhuma força humana deterá Brasília. Ela já se vislumbra, configurada e em pleno processo de construção.



7- Com Brasília também se levanta uma vasta área de nosso País, que se desencantou, enfim, deixando de ser longínqua referência nos mapas.





* Informado pelo escritor e jornalista Adirson Vasconcelos.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 59 vezesFale com o autor