Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59535 )

Cartas ( 21249)

Contos (13254)

Cordel (10311)

Crônicas (22246)

Discursos (3167)

Ensaios - (9502)

Erótico (13498)

Frases (47006)

Humor (19368)

Infantil (4542)

Infanto Juvenil (3855)

Letras de Música (5495)

Peça de Teatro (1339)

Poesias (138618)

Redação (3072)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2430)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5613)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Morrer bem!* -- 04/08/2019 - 10:24 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Morrer bem!*


A essa altura da vida, terá se libertado dos últimos e já frágeis grilhões que porventura o tenham feito presa da vaidade e da inveja (que, em seu caso, sempre foram mais fracos que na maioria das pessoas). Se estiver só, conviverá bem com a solidão; com certeza, a ideia da morte não o angustiará tanto quanto à maioria dos idosos. A vida plena e rica que viveu será a garantia de sua serenidade. Morrerá, é claro, mas é quase certo que morrerá sem doença e de repente, no uso pleno de suas faculdades mentais e engajado em alguma atividade." **


(*) SILVA, Dr. Marco Aurélio dias da. "Quem ama não adoece". 10ª edição. São Paulo (SP): Editora Best Seller, 1994, p. 370. 


** Brasília, DF, 16/02/1997.

Nota: Aposentei-me após 61 anos, 2 meses e 7 dias de trabalho com carteira profissional assinada. Concluí recentemente um curso intensivo de Francês. Estou aperfeiçoando o Espanhol e o Inglês. 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 68 vezesFale com o autor