Usina de Letras
Usina de Letras
59 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59537 )

Cartas ( 21249)

Contos (13257)

Cordel (10311)

Crônicas (22246)

Discursos (3167)

Ensaios - (9504)

Erótico (13498)

Frases (47009)

Humor (19370)

Infantil (4543)

Infanto Juvenil (3858)

Letras de Música (5495)

Peça de Teatro (1339)

Poesias (138624)

Redação (3073)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2430)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5614)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Clara dos Anjos* -- 04/10/2019 - 09:07 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Clara dos Anjos*

"Como toda a mulher sem instrução, Clara pegou na pena e não tinha vontade de a largar. Contava detalhes, repisava juras e pedia juramentos.  Um destes era o de que ele a respeitaria sempre; e, se não fizesse isso, romperia as relações com ele. Estava disposta a esperá-lo, às dez horas, na  grade, daí a oito dias, e isso o fazia,  porque "Seu" Meneses tinha dado o serviço dos dentes por terminado."

* Lima Barreto, "Clara dos Anjos" [texto integral cotejado com a 1ª edição], Rio de Janeiro, Editora Mérito,1948,  p. 108, 2º §.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 81 vezesFale com o autor