Usina de Letras
Usina de Letras
67 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59541 )

Cartas ( 21250)

Contos (13261)

Cordel (10311)

Crônicas (22247)

Discursos (3167)

Ensaios - (9505)

Erótico (13498)

Frases (47023)

Humor (19371)

Infantil (4546)

Infanto Juvenil (3860)

Letras de Música (5495)

Peça de Teatro (1339)

Poesias (138636)

Redação (3074)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2430)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5617)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Trabalho de Sísifo* -- 27/12/2019 - 17:51 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Trabalho de Sísifo*

[Segundo a lenda grega, Sísifo, rei de Corinto, tendo escapado astuciosamente a Tânatos, o deus da morte, enviado por Zeus para castigá-lo, foi levado por Hermes ao inferno,  onde o condenaram ao suplício de rolar uma rocha até o cimo de um monte, donde ela se despencava, devendo o condenado recomeçar incessantemente o trabalho.]

Daí: trabalho esgotante e inútil, pois uma vez terminado, tem-se de recomeçar. 

Exemplo: 

"Com a situação por ele [Campos Sales] criada, o Brasil renasceu. A nove anos de agitações e descrédito sucederam quatro de reconstrução e oito de progresso e confiança... Mas em vez de persistirem os homens nessa senda, um dia, querendo impedir uma candidatura presidencial,  em lugar de organizarem-se para resistir,  como o fizera em 1894,  contra o imenso poder de Floriano, voltaram a namorar os quartéis. Sem sair da bainha uma espada, produziu efeito procurado. E o trabalho de Sísifo recomeçou..." 

* Tobias Monteiro, "O Presidente Campos Sales na Europa", p. XCV (citado por Aurélio Buarque de Holanda Ferreira,  "Novo Dicionário Aurélio", 4ª edição, Curitiba (PR), Editora Positivo, 2009, p. 1971.

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 49 vezesFale com o autor