Usina de Letras
Usina de Letras
70 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59808 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47466)

Humor (19436)

Infantil (4676)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138983)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5702)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->Um peixe chamado EV -- 10/01/2003 - 14:54 (Apaixonada Virtual) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Há alguns meses atrás, encontrei um peixe o qual dei o nome de Ev.

Me lembro bem, foi em setembro, exatamente no dia de um feriado na minha cidade.

Nos encontramos num desses mares por tantos navegados, na verdade, ele a mim encontrou. Se demorasse alguns minutos a mais não me encontraria. Enfim, encontrou.

O tempo passou e por muitos mares navegamos juntos, sempre juntos.

Um dia, quando menos esperávamos nos encontramos, em forma humana, ele porém, alma de pisciano.

Os dias se passaram e atormentada por uma tempestade, não sabia o que fazer com aquele peixe que há pouco possuia um significado sereno e amigo, nada mais.

Os dias passaram lentamente...as horas de ir encontrá-lo não passavam...na verdade pareciam eternidade...

Meu Deus!!!como queria ter esse peixe em um aquário o qual chamaria de coração...mas seria justo com ele, prende-lo em meu coração e não deixa-lo livre para por outros mares navegar???

O momento de partir havia chegado...

Estávamos os dois com medo..

E agora? o que fazer? voltar para os mares antes navegados? ou quem sabe, navegar por mares antes não navegados?

Perderíamos um ao outro? não, só perdemos aquilo que é nosso e essa oportunidade ainda não tivemos...ainda não somos um do outro...mas podemos ser?

Os mares com minhas lágrimas aumentaram seu volume, os anjos comigo cantaram a música da despedida e com eles me fortaleci.

Lá estávamos nós.....naquele mundo de chegadas e partidas o qual tem o nome de um rio...

O momento de partir chegou...

Momentos de carinho aconteceram e...

...ao subir no navio, olhei pra trás e senti o peixe de minhas mãos escorregar...e naquele mar ficar...

Queria poder nesse mar estar e ao teu lado navegar...

Não posso, esse não é o momento, há outros mares que preciso navegar...

Hoje estou aqui, sozinha, ouvindo a música como se o canto de uma sereia fosse...procurando imaginar de novo os abraços, os beijinhos e um futuro....

Ainda vou dançar essa música com ele, como se sobre as águas dançassemos, águas lentas, calmas e serenas, águas do futuro, nossas águas...

Há um problema.....os peixes são escorregadios e não falam...como saber o que eles sentem???

Preciso aguardar, o tempo vai me dizer...

Aquilo que realmente queremos sempre chega sem avisar, chega quando menos esperamos e de onde menos imaginamos...

O tempo vai passar, estou aqui aguardando...

Beijos doces e molhados...

Apaixonada Virtual


PS.: em pensar que eu nunca me dei bem com peixes...risos





Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui