Usina de Letras
Usina de Letras
72 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4179)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->A Morada da Paz -- 28/02/2021 - 14:44 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

     A Morada da Paz

Abro os olhos e o que vejo
Nem de perto se assemelha
ao que quero e desejo.

Abro-os um pouco mais
E vislumbro não sei onde
Um não sei quê que se esconde.

A neblina que encobre este
Espaço a desvendar, deixa ver
Bem devagar a brancura do lugar.

É o branco a cor primeira a dar o
toque final. Há o verde, o rubi-dourado,
arco-íris do outro lado.

O que é este lugar?
Como o devo chamar?
Pelo bem que me traz
É a morada da paz.

Lita Moniz 

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 330 vezesFale com o autor