Usina de Letras
Usina de Letras
58 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59565 )

Cartas ( 21248)

Contos (13279)

Cordel (10314)

Crônicas (22226)

Discursos (3166)

Ensaios - (9519)

Erótico (13500)

Frases (47106)

Humor (19394)

Infantil (4584)

Infanto Juvenil (3881)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138623)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2431)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5637)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Dia Internacional da mulher -- 08/03/2021 - 17:15 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

                   Dia Internacional da Mulher em Tempos de Pandemia    

                Dia internacional da Mulher, uma data para celebrar a essência feminina, o seu espírito de abnegação, generosidade,  amor sem medida, guerreira para além de suas forças, nunca se sentiu rainha do lar, rainha de nada. Havia e há  filhos para criar, maridos exigentes, casa a pedir cuidados, o pão nosso de cada dia a sair de mãos de fada, um jeito nobre de expressar amor.

              Sua alegria, ver seus filhos saudáveis, bem alimentados, a estudar, começando a levar a vida a sério, a se prepararem para serem os homens e as mulheres de amanhã

            Ah! Como era verdade que dentro delas havia sonhos que iam muito além  da vida que lhes foi oferecida. Seus filhos, homens ou mulheres, fariam parte de um mundo novo: estudaram, formaram-se ingressaram no mercado de trabalho, tornavam-se independentes, a  família está a se adequar a esta nova realidade.

            Às nossas mães, presentes, ou que já partiram a nossa eterna gratidão pelo esforço, pela coragem pela luta diária para que chegássemos aonde estamos hoje.

     À mulher de hoje, que herdou esse espírito de conquista de dias melhores, sem perder o jeito feminino de ser delicada, humana, mãe gentil, que ama, mas também quer ser amada. Flores, chocolates são bem-vindos, são demonstrações  de afeto, de reconhecimento, porém deve também ser um dia de lembrar vitórias, conquistas em prol de um mundo melhor, mais justo, mais ético, mais digno. Muitos patamares já foram galgados, no campo social, educacional, político etc. em todos eles empunhando armas contra  a violência, a favor de um sistema educacional melhor, políticas que beneficiem a pátria, a família, a vida geral da nação.

Agora em tempos de pandemia seu trabalho, seus esforços, sua luta em prol da vida dos seus e de toda a humanidade tem se mostrado sem medidas em todos os setores da sociedade, no setor da saúde, ali alinhadas com o que o melhor da ciência, da medicina pode oferecer estão dando mostras do seu valor: verdadeiras heroínas a salvar vidas junto com médicos, enfermeiros ambos dando o melhor de si. Na Itália, a primeira nação a ser altamente atingida pela pandemia, ali estavam as mulheres com seu instinto maternal a levar conforto aos pacientes na hora que mais necessitaram; em Portugal, na pior fase da pandemia, a essência feminina foi alento, foi conforto , presença de uma alma feminina a cercar a todos os pacientes de carinho e zelos. No Brasil,  hoje, dia Internacional da Mulher  não há espaço para uma comemoração bonita como a mulher brasileira merece. Nos hospitais, trabalhando em turnos nunca antes tão longos, tão desesperadores, UTIS abarrotadas de pacientes, onde antes era um ou dois,  agora são quatro,  até onde couber mais uma cama chega mais um paciente.

Nos demais quartos e até corredores utentes com máscaras de oxigênio à espera de

Um leito na UTI onde pode vir a receber uma assistência própria de UTIS. Nas ambulâncias outros esperam uma chance de entrar nos hospitais. Em todos estes lugares estão estas abnegadas mulheres e homens, sem distinção, sem diferença alguma, a diferença é a experiência, a sabedoria, a maestria em lidar com os  pacientes . Fora dos hospitais, em todos os  setores sociais ali estão as mulheres a mostrar seu talento, seu valor, sua experiência. Não há intenção de competir com o gênero masculino, é um esforço, uma vontade de se  sentir  valorizada de acordo com o seu merecimento, ver reconhecido o seu talento, suas conquistas.

        Feliz dia Internacional da mulher para todas as mulheres que aprenderam que a sabedoria, o talento, a criatividade, a competência são os atributos que fazem a diferença.

                                                                Lita Moniz

                                                

 

 

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 123 vezesFale com o autor