Usina de Letras
Usina de Letras
26 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59246 )

Cartas ( 21240)

Contos (13136)

Cordel (10297)

Crônicas (22218)

Discursos (3164)

Ensaios - (9458)

Erótico (13486)

Frases (46685)

Humor (19308)

Infantil (4486)

Infanto Juvenil (3780)

Letras de Música (5482)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138395)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5557)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->ANIVERSÁRIO DE ZÉ MATUTO -- 25/05/2021 - 19:59 (Renato Souza Ferraz) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

ANIVERSÁRIO DE ZÉ MATUTO!


Hoje é mais um aniversário de Zé Matuto e, como todos os anos, ele comemora tipicamente: veste-se a caráter! Tira do baú seu traje característico composto de gibão de couro de jumenta, chapéu de couro de bode, botinas de couro de veado, cinto de couro de preá com fivelão, seus famosos óculos Ray ban e com esporas nos pés.
Este ano, nesta noite de lua, ele irá comemorar na recém inaugurada casa de festas “Fortaleza do Forró”! Mas são duas festas simultâneas, uma em Natal, onde ele reside e a outra em GLÓRIA/SE ( a famosa Gulora como ele diz), sua cidade natal! Em Glória a festa é maior, assume características de festa popular, onde ele é reverenciado como se fosse o padroeiro da cidade (padroeiro vivo!); lá é feriado municipal e as comemorações começam logo cedo com uma bandinha de pífano tocando na praça;muitos fogos de artifício oriundos de Estância; missa solene celebrada logo cedo e a famosa gincana onde se destaca a corrida de jumento. Depois há o tradicional desfile com a escolha da mais bela jumenta (é similar a um desfile de Miss!) Este ano será inaugurado num Parque para visitação pública “O Monumento à Jumenta”, promessa cumprida pelo seu primo, o Prefeito ALMAR FEITOSA. O cardápio em Glória é exclusivo e a gosto: preá torrado, buchada de bode, tiú frito, Tejo guizado, gambá assado, peba e tatu cozidos, nambua frita, cabeça de bode, baião de dois, toucinho assado, etc.

Lá em Glória só existem duas famílias, uma é a dele, a outra é a da sua mulher, e diferentemente de Floresta/Pe ou de Exu/Pe, terra do Rei do Baião, as duas famílias se uniram e a cada legislatura prefeito e vereadores se revezam exercendo os mandatos, sem confusão.
Todos conhecem o sucesso “Amor de Rapariga”. Esta música foi plagiada e é motivo de uma ação na justiça por parte de seus advogados. Zé compôs assim, “amor de jumenta é que é amor, amor de jumenta é bom demais, amor de jumenta não tem confusão, só existe paz, amor de jumenta faz parte da minha vida, estou correndo atrás...”
Contam que Zé vinha de Mossoró para o trabalho quando avistou uma jumentinha, o sol já começava a se esconder, quando ele então parou o carro, olhou para um lado e para o outro, pensando em abordar a sua presa... abriu a braguilha e de espingarda apontando para a sua caça fez que ia urinar no mato; quando de repente passa alguém num outro carro, o vê meio suspeito e grita: êi aí não é lugar de mijar, não! Ele então responde: tá comendo jumenta o quê, seu sacana! Zé Matuto termina sendo bem servido durante os seus 14 dias que passa trabalhando em regime fechado, assim abstinência é um palavrão para ele, uma vez que o que não lhe faltam são jumentinhas queridas e carentes; é um harém que ele possui...
Parabéns, Zé Matuto, muitos anos de vida, muitas felicidades e muitas jumentinhas em sua vida!


Renato Ferraz
13/09/03

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 1Exibido 43 vezesFale com o autor