Usina de Letras
Usina de Letras
70 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59789 )

Cartas ( 21259)

Contos (13362)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9570)

Erótico (13486)

Frases (47424)

Humor (19436)

Infantil (4671)

Infanto Juvenil (3997)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138951)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5694)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->NOITE FRIA -- 24/08/2001 - 00:27 (Adilson Marcel Pivanti) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
NOITE FRIA



NESSA NOITE FRIA ME LEMBREI DE VOCÊ

NO FRIO DO MEU QUARTO

OLHEI PARA MINHA CAMA

SEU LUGAR ESTAVA VAZIO



CAMINHEI ATÉ A COZINHA

A MADRUGADA FRIA

CONGELAVA MEU CORPO

O CAFÉ QUE TOMEI NÃO RESOLVEU



OLHEI PELA JANELA, AS RUAS DESERTAS

PARECIAM COM O MEU QUARTO

VAZIO E GELADO, O COBERTOR NÃO AQUECE

SINTO FALTA DE VOCÊ DO SEU CALOR



NAS NOITES FRIAS COMO ESTA

SEU CORPO ERA MEU COBERTOR

NOSSA CAMA ERA UM FORNALHA

QUE NOS AQUECIA DE AMOR



SEUS BEIJOS E SEUS ABRAÇOS

ESPANTAVAM O FRIO DA MADRUGADA

QUANDO ACORDAVA TE VIA

NO MEU LADO ALI DEITADA



NESSA NOITE FRIA VOCÊ NÃO ESTÁ

VÁRIAS VEZES OLHEI À JANELA

NA ESPERANÇA DE TE VER VOLTAR

ESSA MULHER UM DIA EU SEI

AQUI COMIGO ELA VAI ESTAR



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui