Usina de Letras
Usina de Letras
71 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60350 )

Cartas ( 21289)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9713)

Erótico (13520)

Frases (48233)

Humor (19546)

Infantil (4824)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139339)

Redação (3116)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5809)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Lua -- 30/11/2003 - 04:17 (Antonio Luiz de Siqueira) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
LUA



Lua,

Era bom saber que eu tinha você

Pra minha jovem paixão, sua cálida emoção.

Serena, mente, fugaz,

Meio mistério, meio razão

Doce lembrança do furtivo prazer

Ardente mulher da bela canção

A boca, o ventre, o coração

Ontem, alegremente.

Ah! a lua

Não sem querer descubro você

Na minha vã aflição, sua clara monção

Amena, gente, capaz,

Sem segredo, com devoção

Firme esperança do meu passivo sofrer

Bendito anjo de forte oração

A luz, a reza, a mão

Hoje, fraternalmente



Ah! a lua

É difícil prever onde estará você

Pra suave paixão, sua tranqüila emoção

Talvez mais serena, quiçá mais sagaz

Em algum hemisfério, com mais razão

Feliz temperança, lenitivo do ser

Cândida mulher, fada, sempre canção

A paz, o amor, a visão

Amanhã, serenamente

Lua
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui