Usina de Letras
Usina de Letras
29 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Cardume de piranha -- 08/12/2003 - 12:05 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Veja, antes: A parcha

















Nossa mente é um meio

para a execução

de tarefas, sem bloqueio,

em cada ocasião.



É usada num instante,

e, depois, abandonada.

Além do pensar constante,

é raro estar folgada.



E, de forma negativa,

na maioria das vezes,

é, também, muito nociva,

como as embriaguezes.



Observemos nossa mente

e vejamos tal verdade,

como, de modo freqüente,

perdemos vitalidade.



Esse pensar compulsivo

em verdade é um vício,

o processo é ativo,

mas não nos traz benefício.



Prejudicial costume,

um falso sentir prazer.;

qual piranha em cardume,

ataca e faz sofrer.









Veja, a seguir: Vassalo do micro



Veja mais==>>>Elpídio de Toledo



















































Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui