Usina de Letras
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59666 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10320)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9537)

Erótico (13486)

Frases (47215)

Humor (19420)

Infantil (4627)

Infanto Juvenil (3940)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138779)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5659)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Enquanto isso... -- 14/12/2003 - 18:54 (Ana Monteiro e Mello) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Enquanto isso...







Enquanto isso,

Manhã à vista.

Levanto cedo,

Tomo uma ducha,

Coloco as roupas,

Escovo os dentes.



Enquanto isso,

Preparo o café.

Acordo o meu bem,

Acaricio,

Puxo pela mão

Pra tomar café.



Enquanto isso,

Falo com ele.

Diz que não está bem,

Que está com sono.

Mas vai melhorar

Tomando o café.



Enquanto isso,

Ele toma café.

Aproximou-me,

Beijou meus lábios.

E com ternura,

Beijou mais e mais.



Enquanto isso,

Meu amor está aqui.

Diz que me ama,

Diz que quer muito.

Quer a mim, e quer

Tomar meu café.



Enquanto isso,

É hora dele

Sair de casa.

Ele se veste

Bem arrumado

Pois vai trabalhar.



Enquanto isso,

Meu bem agora

Sai apressado.

Fui beijar muito,

Mas até o tardar,

Não verei meu bem.



Enquanto isso,

Saiu de casa

Meu grande amor.







Ana Monteiro e Mello

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui