Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62472 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10468)
Erótico (13578)
Frases (50857)
Humor (20082)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140896)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6247)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Clarão no corredor -- 06/01/2004 - 10:52 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Veja, também:===>>>Névoa de mar

















E o corredor clareou,

não me deixou pensar,

na parede estampou

uma paisagem vulgar.



Se vou pra direita

alguém vou achar

de mente estreita,

com quem vou falar.



Se pra esquerda eu for,

na certa vou encontrar

alguém que carece de amor,

a quem vou embalar.



Melhor eu ficar

sozinho no ar,

sem me decidir,

sem me definir,



pois meu amor não tem fim,

muito menos direção.

Rogo a um querubim

pra cuidar do meu coração.






Veja, também:=>>>O tempo é o entrave



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui