Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62388 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22545)

Discursos (3240)

Ensaios - (10442)

Erótico (13578)

Frases (50775)

Humor (20067)

Infantil (5484)

Infanto Juvenil (4802)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140866)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6231)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Feliz 2024 -- 26/12/2023 - 16:00 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
  1. Textos
  2.  
  3. Artigos

                  Feliz 2024

                  A Nova Ordem Mundial

       A Nova ordem mundial não é tão nova assim

       Nasceu há um pouco mais de dois mil anos atrás

       Um Deus se fez homem para nos ensinar a mais

                 perto do paraíso chegar

        Pregou amor, caridade, compaixão, piedade

                  bondade,  aceitação

          “ Amai-vos uns aos outros como irmãos”

              Eis aqui a Nova Ordem Mundial

           Como sabia que o mal por aqui se escondia

               Deixou-nos mais esta lição:

          “ Vigiai e orai para não cairdes em Tentação”

          Sois à Trindade Santa semelhantes, cada um

              Chega a este mundo com uma missão:

            Cuidar da Natureza, abraçar o irmão

          Já não há mais almas na Caverna de Platão

            todas saíram em busca de iluminação

          “Assim na Terra como no Céu”

       A Nova Ordem Mundial

      Deixou de ser decreto, é real

      É a Terra já na reta final

         Um Planeta seguro, longe de todo o mal

                                                        Lita Moniz

 

         

   Que em 2024 todos os meus amigos e leitores sintam na força deste poema “ A Nova Ordem Mundial” uma energia que cria, renova, refaz, cura, limpa corpo, alma, inteligência mental e emocional em plena sintonia, ambas empenhadas em elevar a consciência da humanidade a um patamar  que se anda a desenhar há mais de mil anos. Tempo bastante para sabermos que o que por aqui se vê não é o que queremos. Como digo  no poema “ Este estado de guerra está com os dias contados, a outra face de tudo que há já chegou cá

                              Nada vos faltará

Julius Robert Oppenheimer, o inventor da bomba atômica, nasceu em Nova York em 1904, filho de uma família judia abastada, desde cedo apresentava uma inteligência superior, uma mente invejável, um poder de observação genuíno, uma capacidade de aprender e ir além de muitos de seus mestres. A relação entre o físico Oppenheimer e o Nobel de física Albert Einstein era conturbada, até se acredita que o fato de não ser convidado pela Alemanha para o projeto que resultaria na Bomba atômica tenha sido um alívio para Albert Einstein. Livrava-se assim de lidar com a consequência mais vergonhosa e triste da Humanidade: a destruição de Hiroshima e Nagazaki. Einstein teria dito que não sabia que armas o mundo usaria na terceira guerra mundial, mas sabia que a quarta seria com paus e pedras.

                Felizmente o mundo hoje tenta ficar longe de bombas atômicas com tamanho poder de destruição, já há no mundo um poder atômico tal capaz de exterminar o Planeta Terra. A bomba atômica passou de arma de guerra a contenção de guerras no Planeta. Eis a paz na Terra a se desenhar, eis a consciência da humanidade a alçar novos patamares. Ainda não somos deuses, mas começamos a ganhar consciência de que somos filhos de seres superiores à nossa humilde condição, semelhantes, mas muito distantes, uma distância proporcional a toda a nossa pequenez diante da suprema sabedoria, da suprema perfeição. É esta consciência a alavanca que nos pode ajudar a caminhar rumo a outro patamar, a outra forma de ser, outro jeito de viver .

              Feliz 2024 que a paz, a saúde, o amor em todas as dimensões estejam presentes em todos os dias deste ano que se inicia.

                                                                   Lita Moniz

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 49 vezesFale com o autor