Usina de Letras
Usina de Letras
66 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->furto momentâneo -- 09/01/2004 - 22:56 (Augusto Luciano Meyer) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
acordar de manhã

e ver tudo livre...



e ver também

num mais triste minuto

que a liberdade

foi tolhida

como o rasgar do papel



que a liberdade é uma escolha



no ir

existe



no caminho

persiste



no voltar

resiste



pois não se esgota

nem morre

sem resolução



(nove de janeiro de 2004)
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui