Usina de Letras
Usina de Letras
79 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59807 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47456)

Humor (19436)

Infantil (4673)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138972)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5699)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Juras de Amor -- 14/01/2004 - 20:22 (Auri Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Juras de Amor



Auri Costa

DE 29.08.2003 -09:05)





Eu nunca pedi, mas você chegou de mansinho

prometendo felicidades e alegrias, talvez uma vida de sonhos um paraíso perdido, onde o sentimento imperava. Me encheu de encantos e me conquistou, fazendo-me perder a noção de tudo.



Você soube jogar direitinho o jogo do amor cruel,

conquistou o meu coração, mas agora machuca minha alma como nunca antes. Você jogou e brincou com os meus sentimentos, me fez maluca e cega, só conseguia ver você.



Esqueci de tudo e de todos, corri até você,

você era a mais doce ternura,

que aos poucos se revelou amargura

me fazendo triste e solitária.

Pobre do meu coração que aprendeu a te amar e agora não consegue mais viver sem você.















:-:-:-:-:-:-::-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:

Seja educado e repasse com os devidos créditos

:-:-:-:-:-:-::-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:-:



































Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui