Usina de Letras
Usina de Letras
58 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60371 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9717)

Erótico (13520)

Frases (48260)

Humor (19555)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139379)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Roteiro_de_Filme_ou_Novela-->Aventura - Sentimento Oculto -- 28/09/2004 - 17:34 (Adriano Siqueira) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Veri

Sentimento Oculto


Afeganistão 10 da manhã...

Em um fortaleza cercada de bandidos e ratos do deserto, uma mulher puxando uma carroça de frutas, gesticula pedindo para abrir os portões. Cinco homens vão ao encontro da carroça e pedem para a moça abrir os sacos, ela abre um dos sacos mostrando varias frutas para os bandidos da fortaleza e assim consegue autorização para entrar.

Antes que os bandidos fechem o portão todos que ali estavam correm para a carroça para pegar as frutas e se alimentar rapidamente, sem notar, que a moça andava ao encontro de um quarto aonde está um prisioneiro e vai tirando aquela roupa pesada e seu lenço na cabeça, deixando os seus lindos cabelos lisos balançar no vento.

Um homem armado que estava protegendo aquele quarto olha para seu lindo corpo e sorri! O sorriso é correspondido imediatamente por uma faca em seu peito. Ela o abraça e deita ele bem devagar para as outras pessoas não perceberem!

Abrindo seu relógio ela aciona um laser que em seguida abre o cadeado!

- Venha! Rápido! Temos que sair daqui!

Pegando em sua mão o rapaz de aproximadamente 32 anos em sem camisa sai em disparada com ela em direção ao portão!

Um guarda olhando para ela como se tivesse visto a morte, gritava para seus amigos... Americana, Americana!

Movendo-se rápido a mulher armada, atira no bandido que estava no portão e aciona um botão em sua roupa fazendo explodir toda aquela carroça de frutas ... a explosão foi tão forte que parecia um terremoto. Havia pessoas correndo para todos os lados... a artilharia já estava pronta para contra-atacar mas eles já estava a metros de distância e os tiros eram difíceis de acertar o alvo.

- Meu nome é Kaleb! Você sabe mesmo mexer com essas tecnologias! Mas aonde está o transporte para me resgatar!

O Rapaz era rapido nas perguntas..e ficava olhando para todos os lados procurando a segunda parte da fuga.

- Primeiro meu nome é Veri Nite.. segundo .. as perguntas aqui são feitas apenas por mim! Ou entende isso ou devolvo você para esses ratos!

Calado mas, de muito mau humor, ele pára de correr e senta. Irritada Veri saca a arma e atira em volta dele, fazendo ele levantar e correr como um coelho.

- É assim que quero vê-lo correndo e sem parar! O helicóptero está esperando a gente há 20 minutos daqui... então, quanto mais rapido chegarmos mais rapido sairemos deste inferno!

Chegando ao helicóptero eles decolam rumo a liberdade...

- Olha estou vendo que vc é uma gata e que foi muito bem paga para me resgatar mas, qual é sua intenção? - Me matar ? me salvar?

Veri sentasse ao lado de Kaleb ela abraça e beija seus lábio por alguns segundos. Alisando seus cabelos ela diz que ele teria que descer ali...

- Mas como? pergunta Kaleb

Veri pega um pára-quedas e entrega para ele.

- Estão esperando você lá embaixo! agora vá!

Veri empurra kaleb para fóra do helicóptero... encontrando na decida seus pais e amigos.

- Filho nós pagamos aquela mulher para resgatá-lo e trazê-lo de volta para nosso lar!

Veri olha para baixo e depois de certificar que Kaleb esta vivo e salvo, ela pede para o piloto ir em frente.Ela senta e abre um documento mostrando a foto de kaleb 10 anos mais moço juntos abraçados mostrando a aliança de noivado!

Na tentativa dos bandidos de extrair informações, Kaleb perdeu a memória para sempre! Deixando apenas as lembranças de uma vida normal e sem perigos para Veri!


Autor Adriano Siqueira



ADRIANO SIQUEIRA
lord_dri@terra.com.br
http://www.adrianosiqueira.cjb.net
http://www.contonoturno.hpg.com.br
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui