Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Tristan (XXIV) -- 13/03/2004 - 11:48 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Clic"ali===>>>Gottfried von Strassburg



















Porém, nem o caçador nem Marke foram enganados. Quando o Rei os vê ainda dormindo separados pela espada de Tristan, ele é movido profundamente pela visão, e sua paixão por Isolda cintila novamente. Os amantes são chamados novamente para a corte, mas, não muito longe dali, o Rei os acha em um jardim, dormindo juntos. Tristan foge e depois de uma visita aos territórios de seu pai, ele se une a Kaedin em Arundel. Lá, Isolda das Mãos Brancas, a irmã de Kaedin, o atrai, e Tristan, em total solidão, é levado a lembrar da beleza de Isolda. O afeto dele por ela nos deixa pasmados pelo tanto que a visão dela mantém nele a dor de separação. Ele deriva prazeres desta ambivalência (ll. 18965-18992), ecoando assim, em Isolda, a confusa partida de Tristan:






Corpo e mente de Isolda

(18530) estão dominados e entregues

às velas e o vento.

Onde posso estar agora?

Onde posso me procurar agora, onde?

Agora, estou aqui e lá



(18535) e, não obstante, nem lá, nem cá.

Quem já ficou tão confuso?

Quem já chorou tanto?

Eu me vejo lá no mar,

porém, estou aqui, em terra.







Veja mais===>>>>História da Literatura do Médio Alto Alemão



























Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui