Usina de Letras
Usina de Letras
77 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60363 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9715)

Erótico (13520)

Frases (48250)

Humor (19552)

Infantil (4829)

Infanto Juvenil (4179)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139360)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Mágoas...só mágoas restaram em mim, -- 21/10/2000 - 13:30 (Agostinho Moreira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




Às vezes o descompasso da solidão,

Me assusta...

O silêncio do meu quarto é pavoroso

E em minha imaginação escuto o tilintar

Do meu coração como fosse um relógio

Às árvores distante, entoam músicas

Embalando-me na canção, ajuda-me a dormir...

Percebo que o bramido do mar

Se faz mais forte aos meus ouvidos

E descubro que o mundo é lindo, por vezes mau,

Esquece que existo, não gosta de mim...

A lua tranqüila não inspira mais amor,

O poeta dentro da minh’alma se cala

Quando você não me liga, ou manda recados

Essa angústia me sufoca...minha mágoa me tortura,

Ao fingir que nada somos...quando reclamo sua falta...

Nos ínfimos momentos que faz dia com tua presença,

Lindas noites, brilhantes como o diamante...

Radiante com teu corpo, recostada no meu peito

Nua... nua ...Majestosamente bela...

Contemplo-te sussurrando palavras amáveis

Quando estamos a sós...e dormes nada escutas

E os meus sussurros se tornam versos... tirados de você

Viramos amigos quando se veste,

Mas diz que vai embora Se cuide!.

Acabou o seu tempo. Preciso sair...

Mágoas...só mágoas... restaram em mim...

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui