Usina de Letras
Usina de Letras
29 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->O EVANGELHO DE JUDAS -- 06/08/2006 - 11:09 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Jesus nasceu em Belém
Tinha muito seguidores
Alguns chamados profetas
Que causaram dissabores
Aos comandantes romanos
E aos seus governadores

Segundo uma revista
a SuperInteressante
foi descoberto agora
que Judas não era farsante
e que Jesus era dele
seu maior simpatizante.

A vida de Jesus é contada
Por quatro evangelistas
Que criaram uma igreja
E inventaram um golpista
E esta revista agora trás
Para nós alguma pista.

Diz que Jesus acertou
Que Judas faria a delação
Para que se concretizasse
Uma tal de previsão
Escrita não se sabe por quem
Pois não há comprovação

O evangelho de Judas
Que a igreja não reconhece
Quase se perdeu no tempo
Somente agora reaparece
Para contar a verdade
Para toda essa messe

Não tinha porque haver
Aquela tal revelação
Numa cidade pequena
Se conhece qualquer cidadão
Fazendo aqueles milagres
Jesus chamava atenção

Não precisava que ninguém
Fosse informar aos romanos
Jesus vivia na cidade
Não era nenhum cigano
Se sabia tudo que fazia
Nada por baixo dos panos

Todo ano no entanto
Não importa se culpado
O povo não quer saber
E Judas é sempre malhado
E depois do testamento
Ele é logo enforcado

Antes mesmo de se enforcar
Levará muita paulada
Por toda população
Sua pessoa será malhada
Haverá muita gozação
E sua roupa rasgada

Esse novo Evangelho
Vai fazer muita confusão
Com certeza seus autores
Receberão excomunhão
De um desses Papas
Que estiver de plantão

Nunca vi neste mundo
Em qualquer situação
Contra acusado só haver
Uma tese de acusação
Pra ele não teve defesa
Nem qualquer apelação

Sempre no bom Direito
Existe o contraditório
Por ocasião da defesa
O réu abre o repertório
Conta sua a verdade
Nem que seja ilusório

Mas Judas Iscariotis
Foi logo condenado.
Mesmo numa ditadura
Se faz tudo disfarçado
Dão qualquer satisfação
Pro ser povo enganado

A Igreja Católica
Não admite contestação
Não importa o que diga
Está sempre com a razão
Aquele que não obedece
É ameaçado de excomunhão

É uma grande ditadura
Que se aproveita do povão
Que tem medo do inferno
Sem saber se existe o cão
Que vive sempre nas igrejas
De padre ouvindo sermão.


Henrique César Pinheiro
Fortaleza, 13 de abril de 2006.









Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 1034 vezesFale com o autor