Usina de Letras
Usina de Letras
68 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60346 )

Cartas ( 21288)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9712)

Erótico (13520)

Frases (48231)

Humor (19546)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139333)

Redação (3115)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5808)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->O CHEIRO DA TERRA -- 06/08/2004 - 21:39 (adelay bonolo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




O CHEIRO DA TERRA





Como é bom pôr as mãos na terra, por prazer!

Sentir a tessitura, o odor da natureza

E saber-se integrante daquela beleza,

Que somente pessoas puras podem ter...



Um sentimento diferente nosso ser

Invade, numa espécie de infinda tristeza,

Como a nos recordar, com certa sutileza,

Do Éden perdido, que não se pode esquecer!



Não sei se é outra coisa ou se é mesmo o Éden.

Um misto de saudade e lembranças que pedem

Reflexão. Com que custo o coração assume



A presença da terra que nos lembra o pó!

— E aí montamos a equação de um termo só —

Que a nossa vida, em suma, nisto se resume!







Adelay Bonolo



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui