Usina de Letras
Usina de Letras
25 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Biblioteca de São Paulo teve seu acervo roubado -- 16/09/2006 - 22:45 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
(Mote sugerido pela jornalista Clotildes Tavares, que também teve parcipação nos versos)


Não há mais neste Brasil
respeito às instituições,
outro dia foi o exército
assaltado por ladrões.
Da Biblioteca de São Paulo
Levaram agora quinhões.

Do Exército Brasileiro
levaram grande arsenal,
e isso gerou motivo
pra uma invasão infernal,
em todo morro do Rio,
do Leblon à Catedral.

Roubaram um grande acervo
da Biblioteca Municipal.
Prejuízo pro país
foi de ordem cultural.
E autoridades não ligam
para um roubo tão banal.

Pois o roubo de uns livros
não repercute em jornal.
Isso não serve de notícia
de forma sensacional.
Pois naquela repartição
só tem valor cultural.

O país está tomado
por ladrões e por corruptos.
O povo sempre é roubado,
e de um modo muito abrupto
no Governo e no Congresso
por um tempo interrupto.

No Brasil não tem valor
a saúde e a educação.
E meia dúzia de livros
não causa preocupação
o governo quer mesmo manter
o povo na escuridão.

A grande preocupação,
destes nossos governantes,
é somente a economia,
e pagar juros exorbitantes
a um bando de banqueiros
que querem lucros-cessantes.

Em nosso pobre país
vive o povo apavorado,
falta escola e moradia,
sobra muito esfomeado.
O que não falta é ladrão,
isso tem para todo lado.

Hoje vivemos reféns,
em nossas casas escondidos
temendo as autoridades
e outros tipo de bandidos.
Não vai levar muito tempo
pra de casa sermos banidos.

Não há qualquer segurança
para este povo sofrido.
O governo não vai nunca
atrás de qualquer bandido,
que roubou obras de arte,
nesse país esquecido.

Foi assaltada em São Paulo
a Biblioteca Municipal.
Não teve muito destaque
no Jornal Nacional,
assalto assim desse tipo
não é sensacional.

Henrique César Pinheiro
Setembro de 2006




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 935 vezesFale com o autor