Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62484 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50871)
Humor (20083)
Infantil (5503)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->TRANSPOSIÇÃO DAS ÁGUAS DO SÃO FRANCISCO -- 10/03/2007 - 18:11 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Desde a época Colonial,
já no reino de dom João,
no Brasil muito se falava
nessa tal de transposição,
e do São Francisco tirar
uma parte de sua vazão.

Água de lá retirada
seria pra acabar com a seca,
que sempre sufocou o Nordeste,
e nós deu muita enxaqueca.
Mas lá nos meios políticos
há sempre uma embeleca. (impostura)

Quando Brasil se tornou Império,
dom Pedro fez um compromisso
de vender as pedras da coroa
para não se tornar omisso,
e mandar água por Nordeste
pra ele deixar de ser submisso.

Mas isso nunca foi comprido,
nem por ele nem por ninguém
porque o povo do Nordeste
pra eles não vale um vintém.
Serve de massa de manobra
quando é pra eleger alguém.

O Imperador Pedro Segundo,
tentando enganar nosso povo,
mandou construir um açude
que cabe a água de um ovo.
Depois disso veio DNOCS
para nos enganar de novo.

Houve alguma contribuição
também por parte da SUDENE,
mas isso não foi suficiente
para tornar água perene,
e as verbas foram desviadas
pra interesse menos solene.

Que teve de ser fechada
pela falta de vergonha,
suas verbas foram desviadas
até pra plantar maconha.
Porque muito políticos
destila apenas peçonha.

Mas nosso problema de água,
pra que ele seja resolvido
terá que haver boa vontade,
povo deverá ser ouvido.
Se fazer estudos técnicos,
por o melhor ser escolhido.

A questão além de técnica,
é mais política também,
envolve muitos interesses
dinheiro no bolso de alguém.
Pra não haver transposição
eles somem com o que vem.

Uns querem por necessidade,
ou por motivo particular.
Outros não querem por maldade,
e nos poder escravizar,
e ter mão-de-obra barata
para o Brasil poder tocar.

O problema é muito sério
e envolve o meio-ambiente,
precisa de muito estudo
para dar água para gente,
e não causar grande risco,
e o sertão ficar mais quente.

Não vejo muito interesse
pra se resolver a questão,
pois se o governo quisesse
para sua viabilização,
mandava fazer um estudo
lá fora em outra Nação.

Se não houvesse empecilho,
ou um impacto ambiental,
aí mandava para Congresso
projeto de Lei Federal
e desta forma acredito
até Greenpeace dava aval.

Os próprios parlamentares
já formavam a comissão,
para análise do projeto
e emitir sua opinião
depois era só acertar
comissão pra votação.

E o problema se resolvia,
acabava-se a discussão
o Nordeste teria mais água
diminuía muita a migração.
E para as grandes cidades
era uma boa solução.

Pois isso também contribuiria
para diminuir a violência,
porque para as grandes cidades
diminuía a afluência
de muitos pobres miseráveis
que na vida só tem carência.

Mas, governo e políticos,
eles só têm um interesse:
sempre nos manter explorados,
e das mãos deles se comesse,
e também controlar o povo
até na água que se bebesse.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, MARÇO 2007
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 933 vezesFale com o autor