Usina de Letras
Usina de Letras
44 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->RESPONDENDO SILVA FILHO A PRIMEIRA FURUNFADA -- 03/04/2007 - 20:36 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Como posso me esquecer,
se eu fiz no meio do mato,
só não sei o dia exato,
pois tive que me esconder.
Outros querendo fazer,
debaixo de uma latada
onde levei uma topada.
Depois de tudo fiz prece
Quem mulesta é que se esquece
da primeira furunfada?

Eu gostei muito da coisa;
fui de novo no outro dia,
mas só que eu nem sabia,
isso ninguém lhe avisa,
que se podia levar pisa,
se a mulher for casada,
e se topa a parada.
Às vezes isso acontece
Quem mulesta é que se esquece
da primeira furunfada.

Mas depois daquele dia,
que nunca pude esquecer,
eu não deixei de fazer,
porque era tudo que queria,
desde pequeno que sabia
E se a mulher for sarada,
eu não espero mais nada
de dia ou quando anoitece
Quem mulesta é que se esquece
da primeira furunfada?

Nunca fiz muito alarde,
sempre fiz o meu papel
e nunca fiz escarcéu.
De manhã, noite ou tarde
nunca passei por covarde,
com uma pessoa amada
eu dou conta da noitada
Por isso não me aprece
Quem mulesta é que se esquece
da primeira furunfada?

Wellington Vicente perguntou:
“Quem mulesta é que se esquece
da primeira furunfada?

Versão derivada: Silva Filho.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 2669 vezesFale com o autor