Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56823 )
Cartas ( 21161)
Contos (12583)
Cordel (10010)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8952)
Erótico (13387)
Frases (43337)
Humor (18382)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138021)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4765)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Teses_Monologos-->PENSAMENTOS TEMPESTUOSOS (1) -- 01/01/2008 - 20:48 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
PENSAMENTOS TEMPESTUOSOS (1)

A busca desenfreada pelo sucesso, pelo reconhecimento, é o maior sinal de fraqueza, de impotência. Pois somente os fracos precisam de aplausos, de uma ilusão para alegrar a suas almas infelizes e ocultar o vazio de uma existência muitas vezes sem sentido. O grande homem, aquele que está acima dessas ninharias, não busca o reconhecimento na multidão -- a multidão o rebaixaria. -- Os grandes espíritos buscam o seu auto-reconhecimento, pois somente olhos capazes de enxergar através das nuvens são capazes de ver o que está além, o que o homem comum não é capaz de enxergar. Quem só vive no vale não sabe o que há no topo da montanha. O homem comum aprecia aquilo que é simples, que não exige olhos de águia, que é cristalino como a água; mas o homem nobre não: este odeia a vegetação rasteira, os vales enlodaçados e prefere antes de mais nada, as montanhas, pois prefere enxergar de cima. Seus olhos são sutis como os olhos de águia; e jamais busca o sucesso. O homem nobre prefere antes um grupo seleto, capaz de compreender suas palavras mais difíceis. Pena que hoje em dia não se encontra mais esses homens: foram todos aniquilados pela moral do escravo que assola nossa civilização há dois mil anos. Nossa sociedade hoje é cheira ao fracasso, à impotência, à desesperança. Ah! O que o futuro nos reserva?



LEIA TAMBÉM:
TUA FELICIDADE

AMAR É VIVER

POVO ESPERANÇOSO
EU TENHO MEDO DA OPOSIÇÃO
PARA QUE SERVE O HORÁRIO ELEITORA?
A LEVEZA DA DANÇA
UMA TERRÍVEL ILUSÃO
COISAS DE HOMEM
COMO SE A VIDA FOSSE UM TEATRO
EU POSSO TE IMAGINAR DESPIDA
PARA QUANDO ACORDARES COM O PÉ ESQUERDO
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui