Usina de Letras
Usina de Letras
17 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62476 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Alexandre José de Barros Leal Saraiva                Total de Textos: 194 Siga o Autor Patrocine o autor
TituloCategoriaAcessos
  12 PERGUNTAS AO MEU AMOR Poesias
  A MORTE DE LUCÍOLA Poesias
  A MULHER DO NONO ANDAR Poesias
  A MULHER DO NONO ANDAR Poesias
  A MULHER DO NONO ANDAR Poesias
  A POESIA Poesias
  A PRIMEIRA PEDRA Poesias
  A QUE DISTÂNCIA, MINHA SOGRA? Cronicas
  A QUE DISTÂNCIA, MINHA SOGRA? cronicas
  A RESPOSTA Poesias
  A SANTA Poesias
  A mulher nua e a chuva Poesias
  ACORDADO Poesias
  ADVERTÊNCIA Poesias
  ALENTO Poesias
  ALFORJE SOLTO Poesias
  ALGIBEIRA Poesias
  ALMA COVARDE Poesias
  ALMAS CONTORCIDAS Poesias
  AO SABOR DOS VENTOS Poesias
  APELOS Poesias
  APENAS MINHA Poesias
  APOCALIPSE Poesias
  AQUELE QUE SALTARÁ Poesias
  AREIA E SAL Poesias
  AREIAS Poesias
  AS DUAS MULHERES Contos
  AVESSO Poesias
  AZÁFAMA Poesias
  Alguém, por favor... Poesias
  Auto de Prisão em Flagrante - NA 1 Textos_Jurídicos
  BATE-SE-LHE À PORTA Poesias
  Ballet Poesias
  BÊBADO Poesias
  CADETES MULHERES NAS ACADEMIAS DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DAS Artigos
  CALA-TE Poesias
  CAMA, MESA E BANHO Poesias
  CHAVE DA CIFRA Poesias
  COERÊNCIA EM MAÇONARIA Artigos
  CONTINUO Poesias
  CORDELATO Poesias
  CORRE E FECHA A JANELA Poesias
  CORRE Poesias
  CRIANÇAS ABANDONADAS Poesias
  CRIMES MILITARES EM TEMPO DE PAZ Textos_Jurídicos
  Carro Público Poesias
  Carta ao Silêncio Cartas
  Carta ao Silêncio Cartas
  Chamada descuidada Poesias
  DA EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE NO CÓDIGO PENAL MILITAR Textos_Jurídicos
  DE TRINTA EM TRINTA Poesias
  DESCALÇO Poesias
  DESCULPA... AMOR! Poesias
  DIA DO POETA Poesias
  DIREITO A FELICIDADE. SETE CRÔNICAS E UM DESEJO Textos_Jurídicos
  DIREITO PENAL - DOS CRIMES CONTRA A VIDA Textos_Jurídicos
  DIREITO PENAL - DOS CRIMES CONTRA A LIBERDADE INDIVIDUAL Textos_Jurídicos
  DIREITO PENAL MILITAR - DA INSUBORDINAÇÃO Textos_Jurídicos
  DIREITO PENAL MILITAR - DO MOTIM E DA REVOLTA Textos_Jurídicos
  DIREITO PENAL MILITAR - REUNIÃO ILÍCITA (art. 165) Textos_Jurídicos
  DIÁLOGOS DE LUZIA. FAZER CAFÉ! Ensaios
  DIÁLOGOS DE LUZIA. MEU NOME É LUZIA Ensaios
  DO CAOS, NADA! Poesias
  DO PECULATO NO DIREITO PENAL MILITAR Textos_Jurídicos
  DOS CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO MILITAR - arts. 298 a 302 Textos_Jurídicos
  DOS CRIMES CONTRA A AUTORIDADE OU DISCIPLINA MILITAR. Textos_Jurídicos
  DUAS CHAMAS Poesias
  ENQUANTO FALAVA DAS FLORES Poesias
  EREMITA Poesias
  ESCUTEI Poesias
  ESPAÇO Poesias
  ESTER Poesias
  ESTRADA Poesias
  ESTRANHA LUA Poesias
  EXÍLIO Poesias
  Eis Tu, Severa! Poesias
  Elogio à Tolerância Ensaios
  FALA COMIGO Poesias
  FALAR COM ELA Poesias
  FECUNDAÇÃO Poesias
  FERNANDO PESSOA Poesias
  FODA-SE Poesias
  FUTILIDADES Poesias
  FÔLEGO Poesias
  GRITO Poesias
  GÓLGOTA Poesias
  HOMENS ANDAM! Poesias
  HOMENS ANDAM! Poesias
  ILHA Poesias
  IMAGINAÇÃO ANDARILHA Poesias
  INFÂNCIA JACARANDÁ Poesias
  INOMINADA Poesias
  Inquerito Policial - 1 Textos_Jurídicos
  Inquerito Policial - 2 Textos_Jurídicos
  JANELA Poesias
  LANTERNAS DO PECADO Poesias
  LENDO O JORNAL Poesias
  LILÁS E AMARELO Poesias
  LONGO CAMINHO Poesias
  LUGAR Poesias
  LUZ NEGRA Poesias
  LÍQUIDO Poesias
  Lágrimas de chuva Poesias
  MALA DE PEDRA Poesias
  MALA DE PEDRA Poesias
  MATA-TE E BASTA! Poesias
  ME PERCO Poesias
  MEU TREINO Poesias
  MEUS PERSONAGENS Poesias
  MULHER Artigos
  Máscara Poesias
  NEFELIBATA-POETA-ACROBATA Poesias
  NOVE Poesias
  NUNCA? Poesias
  NÃO SEI QUEM É VOCÊ Poesias
  Não precisa significar nada! Poesias
  Não sei o que dizer, mas.... Poesias
  O BEM DAS ONZE Cronicas
  O BEM DAS ONZE cronicas
  O Homem e seus símbolos Poesias
  O JANTAR Poesias
  O QUANTO DE CADA CANTO Poesias
  O RISCO Poesias
  O SOL E A BAILARINA Poesias
  OBSCENO Poesias
  OLHAR Poesias
  OS FINGIDORES Poesias
  PAREDES SABEM DEMAIS (ou ALONE) Poesias
  PASSAR DAS HORAS Poesias
  PEDRA FILOSOFAL Poesias
  PELO COPO Poesias
  PHANTASMA Poesias
  PIANO DA LUA Poesias
  POESIA Poesias
  PONTO FINAL Poesias
  POR ENTRE OS DEDOS Poesias
  POSFÁCIO Poesias
  PRESO NO CAIS Poesias
  PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO NOS CRIMES MILITARES Textos_Jurídicos
  PROCLAMAÇÃO Poesias
  Pag. 162 Poesias
  Pele Primeiro Toque Poesias
  Perigo! Poesias
  Peço-te Poesias
  Poesia e vinho em Brasilia Poesias
  Ponto finaL Poesias
  Pão Ázimo Poesias
  QUEM TOCARÁ Poesias
  QUINTESSÊNCIA Poesias
  QUIS! Poesias
  Quando o dia raiar Poesias
  RABISCO Poesias
  RECEITA DE BOLO Poesias
  RESOLUTO Poesias
  Reflexos Poesias
  Resposta a H. H. Poesias
  Resposta a Vinicius - O não haver... Poesias
  Resposta a Vinicius - O não haver... Poesias
  SALTA Poesias
  SAUDADE DE AMANHÃ Poesias
  SEM PONTOS A PERDER Poesias
  SENTADA Poesias
  SETE LADEIRAS Poesias
  SIMPLESMENTE SEDUTORA Poesias
  SOLIDÃO Poesias
  SOMBRA Poesias
  SONETO DE DOMINGO Poesias
  SONETO DO SILÊNCIO Poesias
  SONETO DO SUSSURRO Poesias
  SONETOS DO DIÁLOGO Poesias
  SORRISO DE NINFA Poesias
  Solidão (2) Poesias
  SÉTIMO DIA Poesias
  SÊMEN Poesias
  TE AMO TANTO Poesias
  TEMPO ALGUM. SE HÁ REALMENTE UM! Poesias
  TERMINAL Poesias
  TETO DE LUA Poesias
  TEU NOME Poesias
  TOPOGRAFIA DA CONCUPISCÊNCIA ABSOLUTÓRIA Cronicas
  TOPOGRAFIA DA CONCUPISCÊNCIA ABSOLUTÓRIA cronicas
  Tábula de Esmeraldas Poesias
  VERMELHO E CHOCOLATE Poesias
  VERMELHO Poesias
  VOLTA Poesias
  VOYEUR Poesias
  Vermelha Nudez Poesias
  Vivo e morro, Dias e noites. Poesias
  Você lembra? Poesias
  VÍSCERAS Poesias
  Vã-Sadia-Insana Poesias
  emformadegente Poesias
  À MARGEM DIREITA DE DEUS Poesias
  Ãndole do processo penal militar Artigos
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui