Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56478 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9845)
Crônicas (21811)
Discursos (3122)
Ensaios - (9984)
Erótico (13198)
Frases (41518)
Humor (17698)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136969)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4479)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



PAULO FONTENELLE DE ARAUJO                Total de Textos: 349 Siga o Autor Patrocine o autor
TituloCategoriaAcessos
  / /1944 Poesias 124
  A "COCA-COLA" DIVULGA SECRETAMENTE A SUA FÓRMULA: Infanto_Juvenil 64
  A AFOGADA Contos 666
  A ANTIGA GAROTA DE IPANEMA Contos 210
  A CIDADE POSSÍVEL Poesias 23
  A CRIANÇA SUBSTANTIVO SOBRECOMUM 3 Poesias 130
  A CRIANÇA, SUBSTANTIVO SOBRECOMUM 2 Poesias 105
  A CRIANÇA,SUBSTANTIVO SOBRECOMUM 1 Poesias 119
  A DESCONSTRUÇÃO Poesias 249
  A DIGITAL POÉTICA Poesias 159
! A FAXINA Poesias 261
  A FERA DA AVENIDA NOVE DE JULHO Contos 393
  A FÔRMA DO AMOR Poesias 264
  A LISTA Poesias 175
  A LÍRICA - QUESTÕES Ensaios 4332
  A MAÇA Contos 484
  A MITOLOGIA DA PEDRA Contos 187
  A MORADA DOS INSETOS Contos 80
  A MORTE DOS ANÕES Contos 453
  A MUTAÇÃO AMOROSA Poesias 307
  A MÁQUINA DO TEMPO Contos 439
  A MÚMIA Poesias 284
  A NOVA DROGA Crônicas 79
  A NOVA MECÂNICA Poesias 219
  A PISADA DO GIGANTE Infantil 645
  A PONTE Poesias 166
  A PRIMAVERA DAS FADAS Poesias 146
  A SONDA AMERICANA VOYAGER I Infanto_Juvenil 425
  A TERRA DA MELECA Contos 769
  A TEVÊ LIGADA Contos 296
  A morte na obra de Alphonsus de Guimaraens e Antônio Nobre Ensaios 9225
  A poesia de Vicente Huidobro Ensaios 1276
  A ÓRFÃ Contos 699
  ABACATES COM OLHOS Poesias 327
  AEROSTÁTOS Poesias 235
  ALGUMAS PRINCESAS Poesias 284
  ALÉM DO CORPO Poesias 295
  AMNÉSIA RARA Contos 162
  AMOR AOS DOZE ANOS Poesias 243
  AMOR ATO CINCO Poesias 89
  AMOR ATO SEIS Poesias 81
  AMOR ATO TRÊS Poesias 47
  ANDANDO PELO CALÇADÃO Crônicas 225
  ANIMAIS QUE RODEIAM Poesias 106
  ANTES UM RETORNO Contos 279
  ANTIGOS AMORES Poesias 77
  ANÁLISE DO CONTO "DIAS MELHORES" DE MODESTO CARONE Ensaios 390
  ANÚNCIOS BRANCOS Poesias 54
  APRESENTAÇÃO DO JORNALISTA Crônicas 171
  APÓS O ALMOÇO Erótico 388
  AQUI SE MORRE DE CÂNCER Poesias 124
  AQUI SE MORRE DE CÂNCER Poesias 40
  AS CRIANÇAS DO GENERAL MÉDICI Contos 17
  AS CRIANÇAS DO GENERAL MÉDICI Contos 517
  AS GRANDEZAS Poesias 71
  AS MARCAS Poesias 315
  AS MENINAS Poesias 162
  AS MENINAS Poesias 72
  AS PELADAS Contos 1735
  ATERRISSAGENS Poesias 89
  ATOS DE AMOR Contos 266
  AUTORIDADES Contos 224
  AVENIDA 23 DE MAIO Poesias 355
  AVENIDA DE TOLERÂNCIA Poesias 68
  América Espanhola - análise de textos dos conquistadores Ensaios 5352
  Análise "Diálogo sobre a conversão do gentio" Ensaios 10663
  Análise canção: " REBENTO" de Gilberto Gil Ensaios 5930
  Análise do livro “El reino deste mundo” de Alejo Carpentier Ensaios 4937
  BAÍA CABRÁLIA Poesias 105
  BAÍA CABRÁLIA Poesias 62
  BERENICE E SEUS FILHOS CRESCIDOS Contos 267
  BISCOITOS VIRTUAIS Infanto_Juvenil 384
  BOCAS ESPETADAS Poesias 311
  BONECOS E OUTRAS RODAS Poesias 111
  BRAÇOS E PULSEIRAS Poesias 122
  BRAÇOS MECÂNICOS Poesias 62
  BREVE CONFISSÃO Letras_de_Música 380
  BRINCOS DE OURO Poesias 108
  CALENDÁRIO OCULTO Poesias 24
  CAMINHO PARA CASA Infantil 208
  CEGONHA Poesias 167
  CERTAS ÓRFÃS Poesias 176
  CHUVA INCOMPREENSÍVEL EM SÃO PAULO Poesias 212
  CHUVA PRECÁRIA Poesias 171
  CHUVA PUNGENTE Poesias 232
  CHUVAS NO JARDIM BOTÂNICO Contos 97
  CIDADE DE SANTOS Crônicas 133
  COMPARAÇÃO MODERNA Poesias 207
  CONEXÕES DUPLAS Poesias 180
  CONTATOS URBANOS Poesias 256
  CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO SECRETA EM UM MUNDO TECNOLÓGICO Contos 221
  CORPO CELESTE Poesias 230
  CORPO MARINHO Poesias 226
  CORPOS SEM PECADOS Erótico 443
  CRACOLÂNDIA LUMINOSA Poesias 133
  CRACOLÂNDIA LUMINOSA Poesias 76
  CRETÁCEO Poesias 168
  CRISTÃOS DO PRIMEIRO SÉCULO Contos 210
  CUBÍCULOS CEREBRAIS Poesias 333
  Carlos Drummond de Andrade - Análise do poema "SER" Ensaios 30627
  DELÍRIO DE PEIXE Poesias 222
  DENTRO DO TREM Poesias 121
  DEPOIS DO BRINCO Poesias 229
  DESCAMINHOS Poesias 234
  DESENHOS VITAIS Contos 142
  DESPERTADORES Poesias 104
  DEUS, A FERIDA E A PERIFERIA Roteiro_de_Filme_ou_Novela 348
  DEUS Poesias 250
  DEZ ANOS EM 2005 Contos 797
  DIA SEGUINTE Contos 337
  DIAS DE UM JORNALISTA Crônicas 172
  DISCURSO DE ANIVERSÁRIO Contos 247
  DOCES Poesias 151
  DOIS INOCENTES Contos 361
  DOIS PEIXINHOS Contos 518
  DONA MARTA Contos 161
  DRINKS Poesias 96
  DRUMMOND ACOPLADO Poesias 25
  DRUMMOND E MANUEL BANDEIRA - SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS Ensaios 1350
  DUAS HISTÓRIAS Contos 256
  DUAS VÍRGULAS Poesias 149
  EIS A DANÇA Poesias 242
  EM 1970 NO BRASIL Frases 19
  EM UMA BANCA DE JORNAL Poesias 56
  ENCARNAÇÃO Poesias 229
  ENCONTRO SELVAGEM Contos 553
  ENSINO DE JOVENS E ADULTOS ( CONSIDERAÇÕES) Artigos 107
  ENTRE A BALA E A BORBOLETA Poesias 272
  ENTREVISTAS NA LATERAL DO CAMPO Contos 316
  ESCADAS ROLANTES Poesias 154
  ESTIMA Poesias 242
  ESTORNO ÍNTIMO Poesias 229
  EXPLOSIVOS Poesias 91
  Estudo comparativo: Don Juan Manuel e Gonzalo de Berceo Ensaios 2228
  FAMÍLIAS RENASCIDAS Poesias 174
  FARSA Letras_de_Música 402
  FATORES Poesias 102
  FEBRE PAULISTANA Poesias 47
  FILOSOFIA DA VIRADA Contos 462
  FINOS TELHADOS Contos 897
  FLORES LIGEIRAS Poesias 52
  FRASE PARA TODAS AS HORAS Frases 333
  FRASE REVELADORA UM Frases 813
  FUMEGANTE Poesias 127
  FUTEBOL E TRIPAS Poesias 239
  Fernando Pessoa: contexto histórico/ literário de sua vida Ensaios 7176
  GERAÇÃO BABY-BOOMER Poesias 73
  GERAÇÃO XIS Poesias 125
  GIRAMUNDO Poesias 79
  GORDOS Infantil 287
  HAIKAI MATÉMATICO AMOROSO Poesias 80
  HOJE NO BRASIL Poesias 123
  IDAS E VINDAS Poesias 222
  ILHAS DE SÃO PAULO Poesias 207
  IRMÃOS CORAGEM Contos 138
  JÓQUEI CLUBE DE SÃO PAULO Poesias 47
  LADEIRA DA MEMÓRIA Poesias 30
  LAGARTIXAS Poesias 109
  LEI CANINA Poesias 241
  LEI CANINA Poesias 51
  LIVRO: AS CRIANÇAS DO GENERAL MÉDICI Roteiro_de_Filme_ou_Novela 418
  LIÇÕES TARDIAS Poesias 98
  LUAS MECÂNICAS Poesias 237
  LUNAÇÕES Poesias 87
  Literatura Portuguesa: Camões e Almeida Garret (questões) Ensaios 15048
  LÂMPADAS Contos 311
  MARCAS COLORIDAS Poesias 212
  MECANISMOS Poesias 169
  MEDO DE ELEVADOR Poesias 64
  MENINOS Poesias 192
  MENSAGEM DE FIM DE ANO Poesias 72
  MICOSES Infantil 185
  MISTURAS Poesias 258
  MONTANHAS CARIOCAS Poesias 237
  MOSCOU EM 1917 Poesias 36
  MUITAS MADALENAS Erótico 339
  MUITOS TORCEDORES Contos 273
  MULETAS E VIADUTOS Poesias 263
  MULTIPLICAÇÕES Poesias 121
  MUNDO VIRTUAL Poesias 152
  Machado de Assis : Análise do conto "Cantigas de Esponsais" Ensaios 6281
  MÁXIMA DO PERDÃO PARA O CARNAVAL Frases 308
  NA PAREDE DO METRÔ Poesias 216
  NA WIKIPÉDIA, A LESTE DO DEPOENTE Poesias 30
  NADA DE NOVO Poesias 133
  NASCIMENTO POLO POSITIVO Poesias 256
  NATAL DE UM JORNALISTA Crônicas 177
  NAVEGANDO COM MAYAKOVSKY Contos 300
  NAVEGANDO COM MAYAKOVSKY Contos 35
  NINHOS AO MEIO-DIA Poesias 397
  NO CONSULTÓRIO TOCAVA SHE`S LEAVING HOME Contos 325
  NO FAROL Poesias 320
  NO FUTURO Poesias 70
  NO MEIO DA CHUVA Contos 39
  NO MEIO DAS CAPIVARAS Contos 385
  NO MEIO DE UM DOMINGO DE SOL Poesias 225
  NO MEIO DO CAMINHO DA MEDUSA Poesias 177
  NO MEIO DO CAMPEONATO Contos 407
  NO SUPERMERCADO Poesias 51
  NO TEMPO DOS PSICOTAPAS Contos 916
  NOVA CHANCE Poesias 199
  NOVE FRASES SOBRE O FUTEBOL Frases 627
  NUVENS NASCENTES Poesias 169
  Neoclassicismo e Romantismo na América Hispânica Ensaios 6300
  NÃO CONTÉM GLÚTEN Poesias 257
  NÓS E LAÇOS PROFANOS Contos 307
  O ABORTO Crônicas 588
  O ACASO Poesias 235
  O AMOR PELO NÃO SENTIDO Poesias 322
  O ANIVERSÁRIO DE LÚCIA Contos 1347
  O ANO DO BEBÊ Contos 1203
  O ARMÁRIO DA PREGUIÇA GIGANTE Infanto_Juvenil 234
  O ASFALTO DOURADO Poesias 43
  O BANDEIRANTE Poesias 77
  O BE A BA DO MORTO Poesias 104
  O BOI Poesias 251
  O BOTEQUIM DA RUA GEORGE Contos 259
  O CARGO Poesias 86
  O CEGO DO CAIS DO VALONGO Poesias 58
  O CEGO DO CAIS DO VALONGO Poesias 96
  O CULTIVO Poesias 246
  O CURSO Poesias 113
  O DESAPARECIDO Poesias 505
  O DEUS DE SEGUNDA A SEXTA Contos 231
  O DIA DO INSETO Poesias 57
  O ESTADO FEBRIL Poesias 341
  O GUARDIÃO Poesias 259
  O HOMEM DE NEANDERTAL Poesias 103
  O HOMEM DE NEANDERTAL Poesias 63
  O MAÇARICO Contos 783
  O MENDIGO FRITZ Contos 200
  O NOCAUTE Poesias 260
  O OLHAR DE ELIZABETH Poesias 113
  O OLHAR Textos_Religiosos 299
  O PALHAÇO Poesias 273
  O POETA Poesias 34
  O PRESENTE Contos 1436
  O PRIMATA Poesias 236
  O QUE EU FIZ EM 2017 - COMPLEMENTO Frases 37
  O QUE EU FIZ EM 2017 Frases 195
  O QUE É A SOLIDÃO Contos 233
  O QUEBRA-CABEÇAS Contos 722
  O RIO Poesias 269
  O SEGUNDO JÓQUEI Contos 207
  O SOPRO DA MENINA NAQUELA HORA Poesias 186
  O SUPERGALO Poesias 155
  O SÍTIO Poesias 34
  O VIAJANTE Contos 501
  O ÚLTIMO CALENDÁRIO Poesias 165
  O ÚLTIMO FOGUETE Infantil 210
  OLÁ, AMIGOS E FAMILIARES Poesias 32
  ONDAS Poesias 111
  OS DEZENOVE DO FORTE DE COPACABANA Contos 333
  OS DISCURSOS Contos 204
  OS GORDOS Poesias 102
  OS GUARDIÕES Poesias 107
  OS IDOSOS SÃO LIVRES Poesias 134
  OS PEIXES Poesias 135
  OS RETRATOS Poesias 381
  OS SALVADORES Infanto_Juvenil 44
  OS SUBMERSOS Poesias 66
  OS TOUROS Contos 285
  OS VOADORES Poesias 27
  OUTRA FAÇANHA Poesias 156
  OUTRO POENTE Poesias 149
  OUTROS PALHAÇOS Contos 214
  OUTROS SENTIMENTOS Poesias 243
  PACTO PAULISTANO Poesias 162
  PARA OUTRO IDOSO Poesias 115
  PASSARINHO DE ESCOLA Poesias 173
  PECADORES GUARDAM OS DOMINGOS Contos 174
  PEDAÇOS E OUTROS ESTÔMAGOS Poesias 318
  PEDRAS, AREIA E TESTOSTERONA Poesias 229
  PEQUENOS ABUTRES AVALIAM A PRESA Contos 242
  PICHAÇÕES EM SÃO PAULO Poesias 75
  PISCAR OS OLHOS Poesias 57
  POEMA CONTO MUSICAL PENSANTE Contos 323
  POEMA U Poesias 58
  PONTOS DE VISTA Contos 296
  PONTUAÇÃO Poesias 179
  PORQUINHOS Infantil 311
  PRIMEIRA NUDEZ Poesias 399
  PRIMEIRO ATO Poesias 134
  PRIMEIRO DIA Poesias 227
  PRIMEIROS DOCES Poesias 119
  PRINCESAS EM SÃO PAULO Poesias 139
  PÁSSARO PEQUENO Poesias 183
  QUANDO CELECANTOS PROVOCAM MAREMOTOS Contos 464
  QUARTOS FECHADOS Contos 305
  RAÍZES HUMANAS Poesias 82
  REDBOL Poesias 520
  RELÓGIOS DE FAMÍLIA Poesias 272
  REMATE FILOSÓFICO Poesias 125
  RESPOSTA BÁSICA Contos 236
  RESTOS Poesias 226
  RESÍDUOS SÓLIDOS Poesias 130
  REUNIÃO SECRETA Infantil 196
  RIO SOLAR Poesias 65
  RIO SOLAR Poesias 87
  ROTINAS POÉTICAS Poesias 106
  RUA XIS Contos 261
  RUA XIS Crônicas 131
  Relações lírica camoniana e o episódio “Inês de Castro" Ensaios 443
  SAUDADE ATO OITO Poesias 52
  SAUDADE ATO ONZE Poesias 47
  SAUDADE ATO SEIS Poesias 56
  SAUDADE ATO TRÊS Poesias 59
  SEM LÍNGUA Contos 409
  SEM MOLDURAS Poesias 166
  SETE ERROS Poesias 234
  SINCERAMENTE AMOR Letras_de_Música 521
  SINCOPE VERBAL Contos 229
  TABUADAS Poesias 122
  TANTA ADOLESCÊNCIA E NENHUM JAMES DEAN Contos 725
  TEATRO ESCOLAR Contos 293
  TERNO E GRAVATA Contos 163
  TERRA ÚTIL Poesias 105
  TODOS OS ORIFÍCIOS DA PRAIA Poesias 293
  TORCEDORES, TEU RASCUNHO Poesias 67
  TRAJETOS DIÁRIOS Poesias 246
  TREZE ANOS Poesias 258
  TREZENTOS PAIS Poesias 159
  TRIÂNGULOS ATIVOS Poesias 154
  TRÊS DITADOS Poesias 156
  TRÊS FRASES ENCAMINHADORAS Frases 175
  TRÊS MENINAS Poesias 26
  TRÊS POR QUATRO Poesias 110
  TÚNEL CARANDIRU Poesias 298
  UM CASAMENTO Poesias 358
  UM COELHO BRANCO Infantil 96
  UM MARATONISTA CLÁSSICO Contos 207
  UM MOMENTO DA CIDADE POSSÍVEL Poesias 219
  UM OUTRO CONDUTOR Contos 304
  UM OUTRO CONDUTOR Contos 351
  UM PROFESSOR DE LITERATURA Contos 251
  UM RIO, AQUI Poesias 269
  UM TEOREMA Contos 231
  UMA FAMÍLIA Contos 254
  UMA FOTO DE PARIS Poesias 107
  UMA HISTÓRIA VERDADEIRA Infanto_Juvenil 284
  UMA MOÇA SOLTEIRA Poesias 363
  UMA OUTRA AUTÓPSIA Poesias 352
  UNHAS Contos 1151
  VALAS ESCAVADAS Infanto_Juvenil 96
  VIA SATÉLITE Poesias 246
  VIDA Poesias 259
  VIRGEM Poesias 259
  VOZES ALVAS Poesias 146
  ÚLTIMAS Poesias 214
Perfil do Autor Fale com o autor